Marllus
Marllus Analista de TI, mestre em políticas públicas, professor, artista digital e aspirante a tudo que lhe der na telha.

A natureza que une

A natureza que une
Photo by NordWood Themes

Engraçado o que vou lhes dizer,
pois é um caso, história verídica,
que ocorreu há pouco,
nos sertões de dentro do Piauí.

Um trabaiador braçal,
com sua enxada amiga,
percebeu-se que faltava uma manga,
de dentro do terreno,
de sua lida diária com maniva.

Outro, da cidade, tinha levado
a bendita amarelinha,
pois, como ele pensou,
com suas próprias mãos,
tinha plantado, então
era certo de que ninguém,
haveria de lhe negar.

No ato dos desencontros,
ocorreu um espanto.
O de lá, que via todo dia
a amarelinha crescer,
e o de cá, com suas visitas de médico,
que confirmou o sumiço,
com o puxarranco na mangueira.

O resultado foi, de foice na mão,
Luizim se descambar a perguntar,
cadê a manguita, do pé lá da quinta,
que meu cumpadi tanto queria,
se já pegaram, já roubaram, Ave Maria?

Até que, noutro dia,
após se esbarrarem,
tudo foi dito,
e a bendita fruta, enfim,
teve seu sumiço
esclarecido.

Aí me deu a louca de pensar,
olha que bonito e,
ao mesmo tempo inusitado,
dois trabalhadores,
tão distantes em seus ofícios,
por causa de uma fruta,
de uma jovem mangueira,
serem tão ligados,
justamente por seus desencontros?